Revisão Histórica e sua Aplicação na Lombalgia Crônica

A dor lombar é uma das alterações musculoesqueléticas mais   comuns nas sociedades, industrializadas afetando 70% a 80% da população adulta   em algum momento da vida), tendo predileção por adultos jovens, em fase economicamente ativa, sendo uma das razões mais   comuns   para aposentadoria por incapacidade total ou parcial.  A  dor    lombar    tem    como causas algumas      condições como: congênitas,    degenerativas,    inflamatórias, infecciosas,      tumorais e mecânico-posturais.